Roupa social: 16 dicas para facilitar a vida

Casamento, formatura, batizado, me salva, Jesus, desse tanto de rolê cheio de normas!

Este que vos escreve não é o profeta, mas também está na missão de ajudá-los. Cada um dá o que pode, no meu caso, serão 16 respostas a perguntas recorrentes que aparecem para nós.

Então, sem mais delongas, é hora de hastear a sabedoria nas pilastras da galhofa.

1. Posso ir sem gravata?

Claro que sim, mas lembre-se, quanto menos acessórios, maior a evidência dos demais itens.

Bônus: se for sua primeira vez, opte por uma camisa um pouco mais escura, ela terá um destaque maior do que uma peça clara e você sentirá menos a mudança.

2. Pode ir sem cinto?

Com certeza. Lembre-se, a primeira função do cinto era manter as calças no lugar. Se a peça estiver do tamanho correto, essa necessidade deixou de existir e o cinto se tornou apenas um adorno. Usá-lo ou não é totalmente opcional.

Bônus: a ausência do cinto não elimina o caráter clássico da combinação, mas consegue torná-la mais atual.

 

3. Gel brilhante é brega?

Não. Aí fomos surpreendidos novamente!

Embora não esteja em vigência no Streetwear Mainstream (desculpe, mas os termos agilizam), no estilo social ele ainda vai muito bem e pode alterar bastante seu visual sem que sejam necessárias grandes modificações. Se o seu cabelo for crespo, dispense o gel.

Bônus: mete de lado, tipo tiozinho, e manda aquele gel. Liberte a presença Don Draper que há em você.

4. Qual relógio usar?

Não se esqueça: Relógio não é aliança, portanto nem sempre seu relógio preferido vai ficar bom com suas roupas. Teste a combinação antes de sair paquitando.

Bônus: relógios clássicos com tiras de couro escuras são os que combinam com a maior gama de peças e cores.

5. Lenço no bolso é bacana?

Provavelmente sim. Para quem resolveu não usar gravata e sentiu falta de um adorno, sugiro o lenço. Ele sustenta o visual mais classudo e não te faz passar calor como a gravata. Além, é claro, da marra de poder oferecer o lenço para alguém.

Como as combinações cromáticas são quase infinitas e não conseguirei contemplar a todas nesta resposta, sugiro que pesquise com qual cor de lenço combina a sua camisa, é bem fácil.

Bônus: se o tamanho do lenço não está se ajustando com o seu bolso, não sofra, coloque um durex prendendo ele por dentro e problema resolvido (apenas lembre-se disso ao oferecer o lenço a alguém).

6. Onde eu guardo carteira, celular, Engov?

Por costume, a maioria continua a guardar no bolso, porém como as calças sociais são mais ajustadas, o volume adicional não funciona bem. Recomendo que utilize os bolsos internos do paletó, pois não incomodam e também não denunciam o volume.

Bônus: evite que aquele tio distante bêbado filho de um corno leve seu paletó embora, deixe o lenço de bolso a vista, ajudará os desavisados a não sequestrarem sua roupa.

Eu disse bolso interno, amigo.

7. Vou casar na praia, como atenuar o calor?

Dê um descanso ao paletó e opte pelo colete, vai ficar igualmente elegante e ainda mais coerente.

Bônus: dispense também a gravata, ela não fará falta e, cara, você vai ficar muito presença, vai na fé.

8. Posso casar de terno claro?

Irmão, você pode casar de terno com pisca pisca com bolinha azul. O casamento é seu, seja feliz.

Bônus: por uma convenção, os ternos de cor clara transmitirão mais sensação de elegância durante o dia, enquanto os escuros trarão tal qualidade durante a noite.

9. Posso usar sapatênis?

Pode, é muito elegante, vai seduzir bacana.

Não.

10. Quero ir de gravata, como saber qual é o nó correto para minha camisa?

Não existe decoreba, apenas racionalização. Alguns colarinhos têm a gola mais aberta, outros a gola mais fechada, sobre os nós de gravatas, existem os mais robustos e os mais finos, o grande segredo é fazer um nó que preencha de maneira harmônica o vão da gola. Só isso.

Bônus: um nó elaborado tem efeito semelhante ao da abotoadura, já os mais básicos precisam de atenção para não deixarem a gravata pensa para um lado.

11. Qual a altura da gravata no meu corpo?

A ponta dela deve se encontrar com o início da calça.

Bônus: estamos em um momento onde é possível utilizar tanto o modelo bem fino quanto o largão das antigas.

12. Usar ou não o prendedor de gravata?

Opcional, mas normalmente é positivo. Prenda-o próximo a altura do seu mamilo.

Bônus: não utilize um prendedor da mesma largura que sua gravata, o ideal é que ele ocupe um pouco mais da metade dela.

13. Camisa xadrez fica legal com terno?

Sim, porém é uma combinação que pode te prejudicar se for mal feita.

Bônus: se for arriscar, opte por uma de micro xadrez, quanto menor o xadrez, menor a margem de erro.

14. Posso usar, juntos, o paletó de um terno e a calça de outro (eles são da mesma cor)?

Não aconselho. É extremamente provável que eles tenham alguma variação de cor, seja pelo uso ou então pelo material. Mesmo que você não note, existe uma chance enorme de ficar bizarro em fotografias.

Bônus: ô sem vergonha, checa a roupa com antecedência vai.

15. Não tenho grana para comprar um terno cabuloso, o que fazer?

Existem dezenas de variáveis para que você seja percebido como alguém bem vestido, a principal delas – salvo opções bizarras de cor – é a modelagem.

Escolha o terno mais adequado ao seu tamanho e não hesite em fazer pequenos ajustes para que ele fique ainda melhor. Nós fizemos um artigo especial sobre ternos aqui.

Bônus: quanto maior a porcentagem de tecido sintético, mais calor você sentirá.

16. Suo como o demônio na sauna, o que devo fazer para que isso não fique aparente?

Algumas pessoas optam por usar uma camiseta branca justa por baixo da camisa. Mas me diga, para não demonstrar seu suor, vale passar ainda mais calor? Creio que esta solução é consideravelmente absurda.

Bônus: aos que suam às bicas, sugiro que utilizem camisas com padronagens mais escuras, dependendo do tipo de listrado pode dar certo, mas o tiro e queda é mesmo o xadrez.

E chegamos ao fim de mais um artigo! Esperamos que tenha sido útil ou ao menos divertido =)